fbpx

Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) – junho 2017

Crédito: Ascom/CNC

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) orienta os empresários do comércio de bens, serviços e turismo que utilizam o crédito como ferramenta estratégica, uma vez que permite o acompanhamento do perfil de endividamento do consumidor, com informações sobre o nível de comprometimento da renda do consumidor com dívidas, contas e dívidas em atraso, e sua percepção em relação à capacidade de pagamento. A Peic é apurada mensalmente pela CNC desde janeiro de 2010. Os dados são coletados em todas as capitais dos Estados e no Distrito Federal, com cerca de 18 mil consumidores.

A Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic Nacional) é apurada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) desde janeiro de 2010. Os dados são coletados em todas as capitais dos Estados e no Distrito Federal, com cerca de 18.000 consumidores.

 

Das informações coletadas, são apurados importantes indicadores: percentual de consumidores endividados, percentual de consumidores com contas em atrás o, percentual de  consumidores que não terão condições de pagar suas dívidas, tempo de endividamento e nível  de comprometimento da renda. O aspecto mais importante da pesquisa é que, além de traçar um perfil do endividamento, permite o acompanhamento do nível de comprometimento do consumidor com dívidas e sua percepção em relação a sua capacidade de pagamento. Existem muitos indicadores nacionais de crédito e inadimplência, que, entretanto, dizem pouco sobre o endividamento do  consumidor e nada em relação a sua percepção da capacidade de pagamento.

 

Com o aumento da importância do crédito na economia brasileira, sobretudo o crédito ao  consumidor, o acompanhamento desses indicadores é fundamental para analisar a capacidade  de endividamento e de consumo futuro deste, levando

– se em conta o comprometimento de  sua renda com dívidas e sua percepção em relação a sua capacidade de pagamento. Assim, a  pesquisa representa, também, um importante indicador antecedente do consumo e do crédito.

 

Os principais indicadores da Peic são: (a) Percentual de famílias endividadas; – percentual de consumidores que declaram ter dívidas na família nas modalidades: cheque prédatado, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros; (b) Percentual de famílias com contas ou dívidas em atraso – percentual de consumidores com contas ou dívidas em atraso na família; (c) Percentual que não terá condições de pagar dívidas – percentual de famílias que não terão condições de pagar as contas ou dívidas em atraso no próximo mês e, portanto, permanecerão inadimplentes;(d) Nível de endividamento entre muito, mais ou menos ou pouco endividados; (e) Principais tipos de dívida – entre cartão de crédito, cheque especial, cheque prédatado, crédito consignado, crédito pessoal, carnês, financiamento de carro, financiamento de casa e outras dívidas; (f) Tempo de atraso no pagamento – entre até 30 dias, de 30 a 90 dias e mais que 90 dias; (g) e Tempo de comprometimento com dívidas – entre até três meses, de três a seis meses, de seis meses a um ano e maior que um ano

 

 

Acesse abaixo a análise completa da Divisão Econômica da CNC.

http://cnc.org.br/sites/default/files/arquivos/release_peic_junho_2017.pdf

Fonte: http://cnc.org.br/central-do-conhecimento/pesquisas/economia/pesquisa-nacional-de-endividamento-e-inadimplencia-do–31