Sebrae vai replicar projeto que alia economia à sociedade do conhecimento inclusiva e sustentável

Presidente Décio Lima integrou comitiva do Sebrae em visita técnica ao inovador bairro econômico 22@ em Barcelona em busca de soluções na geração de novos empregos para o Brasil

O processo de transformação de uma zona que, há 20 anos, era a mais degradada de Barcelona, no atual distrito 22@, polo mundial de inovação, tecnologia e economia criativa, direciona o Sebrae a potencializar sua tecnologia social aplicada às cidades inteligentes no Brasil. A agenda, que aconteceu nesta sexta-feira (10) no país espanhol, teve a presença do presidente Décio Lima, do diretor da Universidade La Salle e doutor em ecossistemas de inovação, Josep Piqué, e de representantes de unidades estaduais do Sebrae, marcando o último dia da missão técnica à Espanha.

“Foi surpreendente conhecer essa experiência de economia social e da sociedade do conhecimento construída pelo povo catalão. Um resultado fantástico de integração urbana, de inteligência, com forte contribuição da universidade, fomento econômico e inclusão social. Um exemplo extraordinário de que aconteceu em apenas 20 anos”, destacou Décio Lima. O projeto ambicioso englobou investimentos da ordem de 270 milhões de euros em projeções urbanísticas no distrito 22@, espaço de 200 hectares que hoje recebe mais de 8 mil empresas.

O presidente do Sebrae destacou o processo de aprendizado a partir do 22@ e a possibilidade de adaptar esse modelo à realidade das cidades brasileiras. “O resultado do trabalho de colaboração público-privada foi de 100 mil novos empregos tecnológicos na cidade e a recuperação da indústria para a cidade do século 21, que chega a representar 6% do Produto Interno Bruto (PIB) de Barcelona. Isso torna a cidade capaz de olhar para o futuro com esperança”, completou Décio Lima.

Durante a visita técnica, Josep Piqué comentou sobre “a velha Manchester catalã”. “Diante da degradação, há esperança. A esperança se consolida por meio da transformação urbana, econômica e social da sociedade do conhecimento”, afirmou, ao destacar o papel da Universidade em prover talentos e tecnologia para o distrito, o papel das empresas e startups para o crescimento da economia e a inclusão social que permite aos cidadãos desenvolverem sua vida no distrito.

A inovação como distrito

A visita ao distrito 22@ começou na Barcelona Activa, agência de desenvolvimento econômico ligada à prefeitura da cidade, que oferece formação, apoio e network para empresários e profissionais independentes. A comitiva também esteve no Edifício MediaTIC, que abriga o Gabinete de Serviços Empresariais (OEA), com portfólio de serviços para as pequenas e médias empresas espanholas. No mesmo local funciona o Cibernárium Barcelona, especializado em cursos de marketing, comunicação, informática e empresariais.

A agenda também teve a presença do presidente da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas, Helder Salomão; a vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, deputada federal Ana Paula Lima; além de representantes do Conselho Deliberativo Nacional e de unidades estaduais do Sebrae. Entre as estratégias do 22@, chamaram atenção da comitiva a preservação do património já existente, a criação do conceito paisagístico das zonas verdes, além da visão de ampliar atrair jovens, as indústrias criativas e culturais.

A Indra, uma das principais empresas globais de consultoria e tecnologia, também optou por ter sua sede em Barcelona na 22@, que foi contemplada pelo grupo brasileiro. A última parada da rota foi no campus da Universidade Pública Pompeu Fabra, onde anteriormente funcionava uma fábrica têxtil, que teve sua emblemática chaminé preservada como património. Essa universidade é um exemplo claro de como o privado e o público se unem no mesmo lugar.

Tecnologia social para da inclusão produtiva

A tecnologia social dos Territórios Empreendedores, desenvolvida pelo Sebrae, tem o objetivo de fortalecer as lideranças locais e promover um ambiente de cooperação e parceria entre municípios brasileiros. A partir das experiências prévias de implementação da metodologia do Projeto LÍDER – Liderança para o Desenvolvimento Regional –, as regiões brasileiras estão sendo integradas à nova estratégia em prol do desenvolvimento econômico e sustentável.

A proposta da instituição é contribuir para que as lideranças da gestão pública, da iniciativa privada e do terceiro setor se encontrem, criem laços de confiança, construam projetos de futuro e atuem para tirá-los do papel. O programa também permite que as soluções do Sebrae e dos parceiros sejam conectadas com as demandas elencadas pelas lideranças locais do território. “O Sebrae e seus parceiros se apresentam como instituições responsivas às demandas genuínas de cada território, oferecendo aquilo que realmente irá contribuir com o modelo de futuro que foi desenhado por eles próprios”, acrescentou Décio Lima.

Fonte: agencia sebrae

Compartilhe este artigo nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Últimos posts:

3 dias ago

Medida pode alavancar mais de R$ 35 bilhões em crédito para que os devedores possam refinanciar suas dívidas, segundo o ministro O…

7 dias ago

Estratégia Elas Empreendem pretende incentivar a inclusão social e fortalecer o papel das mulheres no desenvolvimento econômico Agência Gov | Via Planalto…

1 semana ago

BRASÍLIA| Rafaela Soares, do R7, em Brasília11/04/2024 – 07H56 (ATUALIZADO EM 11/04/2024 – 07H56) Decreto foi publicado nesta quinta-feira(FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL) O presidente Luiz Inácio…

Posts relacionados:

7 dias ago

Estratégia Elas Empreendem pretende incentivar a inclusão social e fortalecer o papel das mulheres no desenvolvimento econômico Agência Gov | Via Planalto…

2 semanas ago

No ano passado, o Brasil registrou 48.700 novas pequenas empresas com atividades desempenhadas por médicos e odontólogos O número de pequenos negócios…

2 semanas ago

Pesquisa realizada pela Diretoria de Estudos e Pesquisas da Asbraf revela números, indicadores e tendências das 50 primeiras categorias profissionais enquadradas na…