Profunda preocupação em relação à Medida Provisória (MP) nº 1202/23

A Asbraf expressa sua profunda preocupação em relação à Medida Provisória (MP) nº 1202/23, recentemente publicada pelo Governo Federal, que reonera a folha de pagamento. Esta MP contraria o que foi recentemente aprovado pelo Congresso Nacional em relação à desoneração da folha.

Acreditamos que soluções simplistas, como a mera elevação de impostos, não são a resposta. O País precisa adotar estratégias que busquem a eficiência dos gastos públicos e estabeleçam um ambiente empresarial mais estável e previsível.

A partir dos dados apresentados por associações setoriais, fica evidente o impacto positivo da desoneração da folha de pagamentos na criação de empregos nos últimos anos. Assim, qualquer retrocesso nesta área pode e certamente deverá comprometer os avanços conquistados e desestabilizar setores vitais da nossa economia.

É fundamental reconhecer que a geração de empregos não apenas fortalece a economia, mas também amplia a base tributária. Quando as empresas prosperam e expandem suas operações, há um aumento natural na arrecadação de impostos.

Assim, em vez de focar exclusivamente na reoneração, é crucial valorizar e estimular políticas que incentivem a criação de empregos como meio eficaz de impulsionar a receita governamental.

Asbraf (Associação Brasileira de Franqueados)

Compartilhe este artigo nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Últimos posts:

1 dia ago

Medida pode alavancar mais de R$ 35 bilhões em crédito para que os devedores possam refinanciar suas dívidas, segundo o ministro O…

5 dias ago

Estratégia Elas Empreendem pretende incentivar a inclusão social e fortalecer o papel das mulheres no desenvolvimento econômico Agência Gov | Via Planalto…

6 dias ago

BRASÍLIA| Rafaela Soares, do R7, em Brasília11/04/2024 – 07H56 (ATUALIZADO EM 11/04/2024 – 07H56) Decreto foi publicado nesta quinta-feira(FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL) O presidente Luiz Inácio…

Posts relacionados:

1 dia ago

Medida pode alavancar mais de R$ 35 bilhões em crédito para que os devedores possam refinanciar suas dívidas, segundo o ministro O…

7 dias ago

Segunda maior empresa do setor de cosméticos do Brasil, o Grupo Boticário registra uma expansão de 30,5% no ano passado, no comparativo…

1 semana ago

Os grandes centros comerciais não vivem o melhor momento A busca por itens de qualidade se tornou o grande alvo dos consumidores…