fbpx

O Conselho Diretor da Associação Brasileira de Franqueados – ASBRAF em consonância com as metas e objetivos do seu Plano Estratégico Biênio 2017 – 2018, cujos programas e projetos visam contribuir para o fortalecimento e desenvolvimento sustentável dos empreendimentos que realizam suas atividades nos setores comércio, serviço, indústria e agronegócio, na condição de franqueados no modelo de negócio Franquia Empresarial, formaliza apoio institucional à Campanha “Burocracia Para Tudo” idealizada pela ENDEAVOR Brasil.

 

A Campanha, segundo a ENDEAVOR, tem o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira engajando-a na simplificação, ou seja, na desburocratização dos instrumentos e mecanismos adotados pelos órgãos, entidades e instituições dos Governos Federal, Estadual, Municipal e do Distrito Federal no acesso de milhões de empreendimentos brasileiros ao crédito, ao mercado, a inovação e tecnologia, ao apoio e orientação.

 

No caso do Sistema de Franchising se considerarmos 03 pessoas por grupo familiar nas 142,6 (cento e quarenta e duas mil e seiscentas) unidades franqueadas em operação em 2016 no país (Dados da Associação Brasileira de Franchising – ABF), o impacto desses entraves burocráticos atinge negativamente  cerca de 3,576 (três milhões, quinhentos e setenta e seis mil) pessoas que dependem social e economicamente da renda desses empreendedores.

 

A percepção do impacto socioeconômico da burocracia nos pequenos negócios informais no país, se levarmos em conta a relação das 13.860.868 pessoas que trabalham nesses empreendimentos (ECINF/IBGE-2003) com o grupo familiar, alcança o expressivo contingente de 41.582.604 pessoas, (13.860.868 x 3 pessoas por grupo familiar = 41.582.604), que representa 20,2% da população de 207.666.929 habitantes do país (IBGE Projeção População 2017).

 

Se considerarmos as 11,6 milhões de empresas formais Optantes do Simples Nacional entre 2007 e 2017 (Data Sebrae), representadas por Micro empreendedores Individuais, Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, o impacto incluindo as empresas informais, poderá representar algo em torno de 38,0% da população do país, atingindo diretamente o expressivo contingente de  78,9 milhões de pessoas.

 

A estratégica iniciativa da ENDEAVOR com a Campanha “Burocracia Para Tudo” guarda estreita relação com as recomendações da Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor – GEM – Empreendedorismo no Brasil 2016, que vem sendo conduzida desde o ano de 2000 pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP) com o apoio técnico e financeiro do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e parcerias acadêmicas com o Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios da Fundação Getúlio Vargas (FGVCenn) e  Universidade Federal do Paraná – UFPR.

 

A Pesquisa GEM 2016 avaliou o ambiente para novos negócios no Brasil em seus aspectos favoráveis e limitantes, tanto pelos especialistas entrevistados como pelos empreendedores identificados na pesquisa.

 

Entre os fatores favoráveis 53,8% dos especialistas entrevistados mencionaram a capacidade empreendedora dos brasileiros, destacando aspectos como a criatividade, a capacidade de adaptação à mudança e compromisso com a entrega.

 

A abertura do mercado interno para a entrada de novos negócios, mencionada por 51,6% dos especialistas, trata da dinâmica da economia brasileira com amplas oportunidades e nichos a serem explorados e demanda para diversos produtos e serviços. 37,6% dos especialistas mencionaram os programas desenvolvidos pelas organizações que vêm atuando no fomento as atividades de aculturamento e capacitação. A Pesquisa GEM 2016 destaca as políticas criadas como a Lei da Inovação e a Lei Complementar 123/06.

 

No tocante aos fatores passiveis de melhoria, como nos anos anteriores, a Pesquisa GEM 2016 indica que as políticas governamentais continuam sendo citadas pela maioria dos especialistas, 81,7%, que destacam a complexidade da legislação e carga tributária e o excesso de burocracia para a abertura e manutenção de empresas. O apoio financeiro, notadamente a escassez de fontes financiadoras para empresas iniciantes, dificuldade de acesso ao crédito e os altos custos do capital, se mantém entre os fatores limitantes com 31,2% das indicações.

 

As questões levantadas pela Campanha “Burocracia Para Tudo” da ENDEAVOR são determinantes para a sustentabilidade e competitividade de milhões de empresas brasileiras, que enfrentam de forma continuada e desgastante os entraves burocráticos oriundos de políticas públicas mal idealizadas e implementadas, descompromissadas com a geração e manutenção de postos de trabalho, distribuição de renda e inclusão produtiva da população economicamente ativa do país.

 

A Associação Brasileira de Franqueados – ASBRAF adere a Campanha “Burocracia Para Tudo” da ENDEAVOR e reforça essa ação no elenco dos seus objetivos estratégicos para o Biênio 2017 – 2018.

Acesse o link abaixo e conheça a Campanha Burocracia Para Tudo da Endeavor Brasil:

https://endeavor.org.br/carta-aberta-ao-poder-publico-chegou-hora-de-simplificar-vida-empreendedor-brasileiro/

 

Associação Brasileira de Franqueados – ASBRAF

Diretoria de Estudos e Pesquisas

%d blogueiros gostam disto: