Justiça penhora 40% do salário de R$ 130 mil de ex-operador da Starbucks

CEO da SouthRock, dona da rede de cafeterias, recebia pró-labore mesmo diante do regime de recuperação judicial da empresa

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) determinou nesta 2ª feira (13.mai.2024) que 40% dos rendimentos líquidos recebidos pelo diretor-executivo da SouthRock, Kenneth Pope, sejam descontados mensalmente. A medida atendeu a um pedido da Travessia Securitizadora, uma das credoras da empresa. O valor equivale a R$ 52.000 mensais.

Segundo a ação, Pope recebia o equivalente a R$ 130 mil líquidos mensalmente como sócio (pró-labore). A SouthRock, empresa dona da rede Starbucks, está em processo de recuperação judicial com dívidas de R$ 1,8 bilhões.

A securitizadora, que tem créditos a receber da SouthRock, havia pedido que a porcentagem descontada para dar como garantia do pagamento das dívidas fosse de metade dos rendimentos líquidos do diretor-executivo. A juíza Mônica Soares Machado, da 33ª Vara Cível de São Paulo, acolheu parcialmente o pedido, limitando a penhora a 40%.

Na decisão, a juíza afirmou que Pope usará os rendimentos líquidos para a subsistência própria e o pagamento das despesas escolares dos filhos.

“Embora seja vultuoso o valor de cerca de R$ 130 mil líquido recebido pelo executado a título de remuneração, não se pode olvidar de que possui caráter alimentar, e é destinado à manutenção de sua subsistência, ainda que seja ela de elevado padrão”, escreveu Machado.

Fonte: Poder360

Compartilhe este artigo nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Últimos posts:

5 horas ago

A Bloomin’ Brands, controladora do renomado restaurante Outback Steakhouse, está considerando uma mudança significativa em suas operações no Brasil. A empresa está…

1 dia ago

Balanço foi impactado por Avon Internacional e tendências da Onda 2 da companhia A Natura&Co (NTCO3) apresentou números mistos em seu balanço divulgado…

3 dias ago

Microempreendedores Individuais (MEIs) e micro e pequenas empresas que faturem até R$ 4,8 milhões anuais podem renegociar dívidas bancárias com os bancos…

Posts relacionados:

3 dias ago

Microempreendedores Individuais (MEIs) e micro e pequenas empresas que faturem até R$ 4,8 milhões anuais podem renegociar dívidas bancárias com os bancos…

4 dias ago

Presidente Décio Lima durante o lançamento da plataforma Crédito Consciente. Foto: Fabricio Almeida. Sebrae une-se ao programa Acredita do governo federal e…

4 dias ago

Três grandes nomes dos restaurantes apareceram com destaque no noticiário econômico recente. Razões diferentes levaram as empresas aos jornais, mas que podem…