Inadimplência das PMEs cresce no Brasil, aponta Serasa Experian; veja motivos

Luiz Rabi, economista da Serasa, explica que a demanda por crédito ficou adormecida em boa parte de 2023, devido às altas taxas de juros e à maior seletividade dos bancos. “O desrepresamento dessa demanda começou, em agosto do ano passado, congruente com a redução da Selic, desaqueceu no fim do ano, e aí voltou forte em em abril de 2024”.

Para Rabi, o aumento da inadimplência e, consequentemente, da insolvência, são frutos do período de juros mais altos.

PMEs e a Selic

Sobre a expectativa do mercado de que a Selic seja mantida em 10,5% pelo Copom, que se reúne hoje, e a possibilidade de fim do ciclo de cortes na taxa de juros básica do país, “não são notícias boas” para as PMEs, segundo o economista Luiz Rabi.

“No início do ano discutíamos um cenário muito mais favorável: falava-se que os juros poderiam encerrar o ano em 9%. Desde então, a incerteza fiscal balançou as expectativas quanto à inflação. Caso a Selic seja mantida no mesmo patamar, prefiro encarar como uma pausa temporária [nos cortes da taxa da juros], até a retomada da redução, no fim do ano ou no início do ano, com a redução da incerteza fiscal”, afirmou Rabi.

Apesar de entender o atual patamar da Selic como alto, o economista enfatiza que a taxa está menor do que no último ano. “Neste ano, a taxa média é menor do que a do ano passado, fator que tem impulsionado o consumo das famílias – e as vendas das PMEs, sobretudo nos setores de comércio e serviços”, disse.

Como ter mais crédito aprovado?

Cleber Genero, vice-presidente de pequenas e médias empresas da Serasa Experian, elenca algumas ações para o empreendedor, que tem PME ou é MEI, conquistar mais oferta de crédito.

A primeira atitude é separar a conta da pessoa jurídica da pessoa física. “Muitos empreendedores sequer abrem a conta PJ. E isso é um erro. As informações não devem se misturar”, explica.

A terceira dica é pagar as contas em dia. “Tem empreendedores que pagam contas atrasadas não por não ter o dinheiro, mas por desorganização. E isso impacta na avaliação dele. Então é necessário usar ferramentas de organização para não atrasar as contas e pagar as dívidas dentro do prazo”, afirma.

Compartilhe este artigo nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Últimos posts:

22 horas ago

Planejamento para os próximos 4 anos tem o objetivo de tornar o ambiente de negócios mais competitivo O Ministério do Empreendedorismo aprovou…

23 horas ago

Empresas têm recebido orientações dos Agentes Locais de Inovação (ALI) voltadas para a melhoria da produtividade e transformação digital Durante a jornada…

2 dias ago

Especialistas ressaltam que a decisão confirma a validade do contrato de franquia e reforça jurisprudência sobre inexistência de vínculo de emprego na…

Posts relacionados:

22 horas ago

Planejamento para os próximos 4 anos tem o objetivo de tornar o ambiente de negócios mais competitivo O Ministério do Empreendedorismo aprovou…

23 horas ago

Empresas têm recebido orientações dos Agentes Locais de Inovação (ALI) voltadas para a melhoria da produtividade e transformação digital Durante a jornada…

2 dias ago

Especialistas ressaltam que a decisão confirma a validade do contrato de franquia e reforça jurisprudência sobre inexistência de vínculo de emprego na…