FUNDO NACIONAL DESTINADO À INOVAÇÃO TERÁ R$ 9,9 BILHÕES PARA INVESTIMENTOS EM 2023

Empresários e integrantes do governo celebraram recomposição do FNDCT

Por Redação

Lideranças da indústria e integrantes do poder público celebraram a recomposição integral dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), principal fonte de financiamento à inovação do país.

O tema foi tratado nesta sexta-feira (19), durante a reunião do Comitê de líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), realizada no escritório da Confederação Nacional da Indústria (CNI) em São Paulo, na qual foi apresentada agenda baseada em políticas orientadas por missões para projetos de ciência, tecnologia e inovação (CT&I).

Editada no fim do ano passado, a medida provisória que previa o bloqueio de parte expressiva do FNDCT perdeu a validade este mês. Somando-se a isso, o governo sancionou na semana passada a Lei 14.577/23, que cria um crédito suplementar de R$ 4,18 bilhões para investimento em CT&I, recompondo integralmente os R$ 9,9 bilhões disponíveis para investimentos do fundo em 2023.

O secretário-executivo do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Luís Manuel Rabelo Fernandes, avalia que a ampliação das verbas do FNDCT disponíveis para empréstimos favorecerá a agenda de pesquisa e inovação.

“Trago uma mensagem de otimismo, esperança e confiança. Preciso destacar a recomposição e liberação integral dos recursos do FNDCT, que volta com força total em 2023. Estamos numa confluência positiva para efetivamente promovermos a inovação no país”, afirmou.

O presidente do Sebrae, Decio Lima, explicou que a inovação precisa ser um instrumento de transformação.

“O Sebrae é um sistema que representa uma das maiores incubadoras de inovação do país e, quem sabe, do mundo. A inovação não trata apenas da força tecnológica, o processo de inovação precisa ter uma definição mais clara, com a manutenção do ecossistema. Inovar significa melhorar a vida de todos, precisamos refletir sobre isso”, explicou.

Décio Lima enumerou ações que a entidade vem desenvolvendo em prol da inovação. “Estamos em 170 ecossistemas de inovação em todo o Brasil, em 4.700 municípios. Acredito que esse debate da inovação desenhará o futuro das nossas vidas e o legado que deixaremos para o país”, afirmou Lima.

Fonte: ASN agênciasebraedenotícias

Compartilhe este artigo nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Últimos posts:

14 horas ago

Planejamento para os próximos 4 anos tem o objetivo de tornar o ambiente de negócios mais competitivo O Ministério do Empreendedorismo aprovou…

15 horas ago

Empresas têm recebido orientações dos Agentes Locais de Inovação (ALI) voltadas para a melhoria da produtividade e transformação digital Durante a jornada…

2 dias ago

Especialistas ressaltam que a decisão confirma a validade do contrato de franquia e reforça jurisprudência sobre inexistência de vínculo de emprego na…

Posts relacionados:

15 horas ago

Empresas têm recebido orientações dos Agentes Locais de Inovação (ALI) voltadas para a melhoria da produtividade e transformação digital Durante a jornada…

2 semanas ago

Serviço Brasileiro de Apoio às MPEs. O Sebrae enfatiza a importância da regulamentação da Reforma Tributária para a economia dos pequenos negócios,…

4 semanas ago

Artur Grynbaum, 55, vice-presidente do Conselho do Grupo Boticário, disse que o empreendedorismo é a “única forma de a gente fazer esse…