fbpx

Parceria inédita entre o governo federal e a plataforma de comércio eletrônico busca promover capacitações e produtos de artesãos de todo o Brasil

ASecretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME)  por meio de sua Subsecretaria de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas, Empreendedorismo e Artesanato (Sempe)  lança no Mercado Livre, a  Loja Oficial do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB)A loja virtual já contana plataforma de comércio eletrônico, com mais de 600 produtos confeccionados por cerca de 50 artesãos cadastrados no programa. 

O objetivo é apoiar a inclusão digital e financeira de profissionais cadastrados no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), por meio de capacitações, venda de produtos no marketplace e soluções financeiras, potencializando a geração de trabalho e renda“A parceria com o Mercado Livre traz não apenas visibilidade nacional para o artesanato brasileiro, como também maior geração de renda e acesso a novos mercados consumidores” ressalta Michael Dantas, subsecretário da Sempe.  

Para participar da loja, os artesãos deverão estar com o Sicab válido e enviar seus anúncios por meio do formulário de inscrição.  

Para a gerente de Sustentabilidade do Mercado Livre no Brasil, Laura Motta, a ação reforça o compromisso do Mercado Livre com a democratização do comércio eletrônico e com a inclusão digital e financeira dos artesãos, dando visibilidade aos seus produtos e facilitando o acesso aos consumidores de todo o Brasil”. 

Na primeira fase do projeto foram mobilizados gestores do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), coordenadores de artesanato dos estados e representantes da Confederação Nacional de Artesanato para que conhecessem o ecossistema de soluções do Mercado Livre. Além disso, foi realizado um webinar ao vivo e gratuito sobre como vender na plataforma para cerca de cinco mil artesãs e artesãos de todo o Brasil. 

Também estão sendo preparados novos materiais e capacitações gratuitas sobre as ferramentas digitais do Mercado Livre, buscando incluir cada vez mais artesãos na loja oficial do Programa. 

“As ações do Programa têm possibilitado a consolidação do artesanato brasileiro enquanto setor econômico de forte impacto no desenvolvimento das comunidades. As políticas voltadas ao artesanato buscam dinamizar o setor por meio de apoio à comercialização e a divulgação dos produtos artesanais,” ressalta Fábio Silva, coordenador-geral de Empreendedorismo e Artesanato da Sempe. 

Sobre o Programa   

Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) tem o objetivo de coordenar e desenvolver atividades que valorizem o artesão brasileiro, elevando o seu nível cultural, profissional, social e econômico. Além disso, tem a finalidade de desenvolver e promover o artesanato e a empresa artesanal. 

As ações possibilitam a consolidação do artesanato brasileiro enquanto setor econômico de forte impacto no desenvolvimento das comunidades, a partir da premissa de que a atividade é disseminada em todo território nacional, possuindo variações e características peculiares conforme o ambiente e a cultura regional. 

Fonte: GOV.BR

%d blogueiros gostam disto: